Sorry, your version of Internet Explorer is too old to view SurfersVillage.com properly.

Why not try Chrome instead.

zo

Villages:

Adriano De Souza claims 6 Star Maresia Surf Int. crown




Adriano De Souza : photo ASP South America
 




Maresia Surf International

ASP Men's WQS 6 Star Event
Praia Brava Itajai City Santa Catrina Brazil
16 - 21 October 2007


Live Coverage  |  Results/Photos/Videos etc


Brazilian Adriano de Souza wins the Maresia Surf International in Itajai       >  Portugues embaixo


Surfersvillage Global Surf News, 21 October, 2007 : - - Brazilian surfer Adriano de Souza (20) wins the great final of Maresia Surf International against Australian surfer Corey Ziems (24). In first semi-final, Adriano with 19,20 points - out of a maximum of 20, got his best total heat points of his career.

The great crowd in the beach celebrated Adriano’s performance in the final. Adriano who didn’t win a surf contest since 2005 did a exciting presentation in good 2ft waves in Brava Beach this morning, With 2.500 points, Adriano moves from 45th place to 31th position in ‘QS ranking and get a 15.000 dollars check. Also the Maresia Surf International was confirmed to be held in Brava Beach of Itajai next year.

“I am very happy! Winning here in Brazil after two years (his last victory was in France) is very exciting for me. I dedicate this title to my family, who always supported me”, said Adriano. “I’m really happy with the great support of local and brazilian people.

This title give more motivation to Ubatuba next week, and to Brazilian WCT Stop in Imbituba, I will give my best to win over there (the last brazilian victory in Brazil WCT Stop was in 1998 with Peterson Rosa)” said Adriano, who also almost confirm his place in ASP World Pro Junior.

Adriano did a strong presentation in his Sunday morning heats, leaving his opponents in semi-finals and finals with combination, “Shame that the final was not with two Brazilians, but the local crowd supported me all the time, I could get nice waves and win,

This is my first contest in Brazil this year and I am really happy winning here in this important event. It was a fantastic day for me, i woke up with a nice felling, the waves came to me and I got my total heat points record of my carrer, with 19,20 points” said Adriano.

Australian Corey Ziems leaves the Maresia Surf International with a great result. He started the Sunday winning his Australian match against Drew Courtney in quarters-finals, than won his semi-finals heat against Brazilian Victor Ribas and got into his first final in ‘QS this year.

He came to Brazil in 75th place in ‘QS ranking and with 2.188 points move right to 51th place in 2007 WQS Ranking. The next stop of ASP World Qualifying Series will be start on Tuesday at Itamambuca Beach in Ubatuba, São Paulo.

“I’m stocked. The waves was really good today and i had a difficulty heat against Adriano, he surfed well and I couldn’t find another score to beat him. But second place in a contest like this is a great result for me and I still very happy” said Corey who had strong wins over Brazilians surfers in Brava Beach.

“Brazilians always surf hard here In Brazil. I could win my heat against Jihad Kohdr but with Adriano was impossible, he is one of the best surfers in the world, and today he was on fire” said Corey, who got his best result of the year in Maresia Surf International.

In second semi-final against Brazilian Victor Ribas, Corey got the best waves and leading the heat all the time. “He was pretty lucky, He got a 6 points wave in the beginning of the heat and got a 8 points in a wave that I almost could go.

However third place is a good result for me, and I am motivated to compete in my sponsor event next week in Ubatuba. I really happy that judges are approving my surf and I will give my best in Ubatuba to get a nice result there to make my 2008 Men’s World Tour classification through the ‘QS” wish Victor.

The best presentation of the day was from Brazilian Adriano de Souza in first semi-final against Brazilian Flávio Costa. He got two fantastic scores, a 9,67 and a 9,53, finishing with 19,20 total points. Absolute total heat points record in ASP South America contests in Brazil this year. Brazilian Flávio Costa did a great heat in first quarter-final, finishing with 17 points, including two 8,5 waves scores, but he was not able to do anything surfing against Adriano in first semi-final..

“I am very happy. Adriano is a great surfer, and i still very happy with my third place here. My son, who was born 10 days ago is here, is my second semi-final in two weeks (Flávio made a semi-final in Brazilian National contest last week) and I only hope to improve my position next year. I would like to thanks all my friends, family and Maresia for this amazing contest” said Flávio Costa, who got 4.450 dollars from his third place in Maresia Surf International.

The MARESIA SURF INTERNATIONAL is sponsored by Maresia Surfwear, with the support of Santa Catarina State Goverment, FUNDESPORTE of Secretaryship from the Turism, Culture and Sports of Santa Catarina, Itajaí Local Goverment, Univali, Kiwi Bar and Conasscon; with co-sponsorship by Haco Etiquetas, Relevo’s, Cotece Malhas and Tent Beach, Aloha, Planeta Surf, Padang Padang.

Bahamas, Sumatra, Surf Trip, New Look, Ecológica, Bali, 200 Milhas and Bob Nick’s Surf Shops, Rede Atlântida FM and Fluir Surf Magazine Media Coverage. The Maresia Surf International is a 6 star event sanctioned by the Association of Surfing Professionals (ASP) – ASP South America, realization by Santa Catarina Surf Federation (FECASURF) and Itajai Beach Local Association (ASPI).

MARESIA SURF INTERNATIONAL – Final Heat: 16,13 x 11,00 points:
Champion with 8,30 and 7,83: ADRIANO DE SOUZA (BRA) - US$ 15.000 and 2.500 points
Runner-up with 5,67 and 5,33: COREY ZIEMS (AUS) - US$ 7.500 and 2.188 points

SEMIFINALS – 3rd place – US$ 4.450 and 1.875 points:
01: Adriano de Souza (BRA) 19,20 x 9,56 Flávio Costa (BRA)
02: Corey Ziems (AUS) 17,43 x 12,74 Victor Ribas (BRA)

QUARTERS-FINALS – 5th place – US$ 2.600 and 1.625 points:
01: Adriano de Souza (BRA) 16,16 x 14,66 Gustavo Fernandes (BRA)
02: Flávio Costa (BRA) 17,00 x 13,67 Márcio Farney (BRA)
03: Victor Ribas (BRA) 14,03 x 11,76 Jano Belo (BRA)
04: Corey Ziems (AUS) 12,33 x 9,00 Drew Courtney (AUS)

ASP SOUTH AMERICA RANKING – SOUTH-AMERICAN – 4 stops:
01: Simão Romão (BRA) – 4.694 points
02: Jean da Silva (BRA) – 4.650
03: André Silva (BRA) – 4.232
04: Pablo Paulino (BRA) – 4.194
05: Leandro Bastos (BRA) – 4.001
06: Jihad Kohdr (BRA) – 3.938
07: William Cardoso (BRA) – 3.876
08: Fábio Gouveia (BRA) – 3.820
09: Yuri Sodré (BRA) – 3.638
10: Gustavo Fernandes (BRA) – 3.588

WQS ratings after the  Maresia Surf International
 


















































































































































































































Smith,Jordy ZAF 1
Reynolds,Dane USA 2
Pires,Tiago PRT 3
Bourgeois,Ben USA 4
Dornelles,Rodrigo BRA 5
Thompson,Jay AUS 6
Khodr,Jihad BRA 7
Hobgood,C.J. USA 8
Picon,Mikael FRA 9
Bryson,Royden ZAF 10
Munro,Luke AUS 11
Alves,Heitor BRA 12
Flores,Jeremy FRA 13
Aranburu,Aritz EUK 14
Kling,Gabe USA 15
Muscroft,Nic AUS 16
Brooks,Troy AUS 17
Perrow,Kieren AUS 18
Padaratz,Neco BRA 19
Neve,Dayyan AUS 20
Buchan,Adrian AUS 21
Howse,Jarrad AUS 22
Cansdell,Shaun AUS 23
Beven,Patrick FRA 24
Weare,David ZAF 25
Hedge,Nathan AUS 26
Ross,Daniel AUS 27
Flintoff,Kirk AUS 28
Lopez,Shea USA 28
Silva,Jean da BRA 30
Souza,Adriano de BRA 31
Powers,Roy HAW 32
Romao,Simao BRA 33
Courtney,Drew AUS 34
Neves,Leonardo BRA 35
Bourez,Michel PYF 36
Davidson,Chris AUS 37
Barron,T.J HAW 38
Boal,Tim FRA 39
Simpson,Brett USA 40
O'Rafferty,Darren AUS 41
Acero,Eneko EUK 42
Nolan,Asher USA 42
Cuizon,Dustin HAW 44
Gudauskas,Patrick USA 45
Cardoso,William BRA 46
Centeio,Joel HAW 47
Paulino,Pablo BRA 48
Emslie,Greg ZAF 49
Sodre,Yuri BRA 50
Ziems,Corey AUS 51

Click here to read the full WQS ratings after the Maresia Surf International

www.aspworldtour.com
www.aspsouthamerica.com.br

 

Portugues


Adriano de Souza campeão do Maresia Surf International em Itajaí

Surfersvillage Global Surf News, 21 October, 2007 : - -  O paulista Adriano de Souza, 20 anos, cumpriu seu objetivo de chegar na final em Itajaí com a maior pontuação de toda a sua carreira – 19,20 pontos de 20 possíveis – na semifinal contra o baiano Flávio Costa e também não deu chances ao australiano Corey Ziems, 24 anos, para faturar o título do Maresia Surf International em Santa Catarina.


O ótimo público que compareceu para acompanhar o último dia, desde as primeiras horas da manhã, vibrou bastante com a performance avassaladora do Mineirinho do Guarujá, que há 2 anos não vencia nenhum campeonato.


Ele comandou o show de surfe do domingo decisivo nas boas ondas de meio metro de altura da Praia Brava e faturou o prêmio máximo de 15.000 dólares oferecido nas etapas do WQS, subindo da 45.a para a 31.a posição no ranking com os 2.500 da vitória na estréia da cidade de Itajaí no calendário do Circuito Mundial de Surfe Profissional. O Maresia Surf International foi realizado com grande sucesso e o evento já está confirmado para o ano que vem na mesma Praia Brava.

“Estou muito feliz! Fazia 2 anos que eu não vencia uma etapa do Circuito Mundial (a última havia sido na França) e vencer aqui no Brasil é bem mais emocionante. Minha primeira vitória também foi aqui no Brasil e agora veio o terceiro título também aqui e dedico ele para a minha família que sempre me apoiou nos piores e bons momentos”, disse Mineirinho, logo que chegou no pódio carregado nos ombros da torcida.

“Fico muito contente com este apoio, este suporte de toda a torcida local e dos brasileiros em geral. Com certeza este título me dá muito mais motivação para conseguir outro bom resultado na etapa que vai rolar em Ubatuba (SP) semana que vem, mas principalmente para tentar quebrar.

O jejum de vitórias brasileiras na etapa do WCT no Brasil (a última foi em 1998 de Peterson Rosa no Rio de Janeiro)”, deseja o Mineirinho do Guarujá, que também praticamente garantiu sua vaga no time sul-americano que vai disputar o próximo Mundial Pro Junior na Austrália, onde ele tentará igualar o bicampeonato do australiano Joel Parkinson.

Tanto na semifinal como na final, Adriano de Souza deixou seus adversários precisando de mais de 10 pontos, o que no surfe é como vencer de goleada. “Pena que a final não foi entre dois brasileiros, mas a torcida me apoiou bastante, vibrou a cada onda que eu surfava contra o australiano e estou feliz por deixar todo este ótimo público que veio cedo para a praia, ir embora contente com a minha vitória. Esta é a primeira vez que estou competindo no Brasil neste ano e fico também muito feliz por retornar assim com um título num evento tão importante como esse.

Foi uma das melhores sensações que eu já tive na minha carreira, hoje foi meu dia, acordei já confiante, as melhores ondas pareciam que vinham só para mim, fiz o maior recorde da minha vida aqui, já tinha tirado um 10 e um 9 numa bateria, mas aqui alcançei 19,20 pontos e isso vai ficar marcado dentro de mim”, confessou Adriano de Souza, que já foi apontado pelo octacampeão mundial Kelly Slater como a maior revelação do surfe brasileiro em todos os tempos.

Apesar da derrota na final, Corey Ziems saiu feliz com o vice-campeonato no Maresia Surf International. No domingo, ele começou o dia ganhando o confronto australiano com Drew Courtney nas quartas-de-final e depois passou pelo experiente Victor Ribas para chegar em sua primeira final neste ano no WQS. Ele chegou no Brasil em 75.o lugar no ranking e com os 2.188 pontos recebidos pelo segundo lugar em Itajaí subiu para a 51.a posição na classificação geral das 36 etapas completadas neste domingo na Praia Brava.

Foi ele que também eliminou o paranaense bicampeão brasileiro Jihad Kohdr, que poderia confirmar sua entrada no WCT se chegasse nas semifinais da primeira das duas etapas com nível máximo 6 estrelas da “perna brasileira” de fim-de-ano do WQS. A outra começa terça-feira e vai até domingo na Praia de Itamambuca, em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo.

“Eu estou amarradão. As ondas estavam muito boas hoje e tive uma final muito difícil contra o Adriano. Ele surfou muito e eu não consegui achar as ondas que peguei nas outras baterias. Mas, o segundo lugar em um evento desses é um resultado muito bom e estou muito feliz”, confessou o australiano Corey Ziems, que venceu grandes confrontos contra os brasileiros nas ondas da Praia Brava.

“Os brasileiros sempre são fortes em todas as competições, principalmente surfando em casa. Eu consegui passar pelo Jihad e depois surfar com o Adriano é sempre complicado. Ele é um dos melhores surfistas do mundo, faz parte do WCT, e hoje ele simplesmente esteve inacreditável, merecendo totalmente a vitória”, aprovou o vice-campeão do Maresia Surf International, que pela primeira vez chega numa final no Brasil. Seu melhor resultado era também um vice-campeonato, porém numa etapa menos valiosa na Inglaterra.

Na semifinal contra o cabo-friense Victor Ribas, Ziems pegou as melhores ondas para abrir grande vantagem e liderar a bateria de ponta a ponta. “Ele deu muita sorte. Achou uma onda nota 6 e logo depois foi remando mais pro meio da praia, aí pintou uma onda que eu sabia que ia ser boa, tentei evitar, mas não tive remada suficiente prá entrar na onda e aí ele tirou um 8 e pouco.

Mesmo assim, o terceiro lugar foi um bom resultado. Acho que esse final de ano está sendo bom para mim e agora é partir confiante para o Onbongo, o campeonato do meu patrocinador. Quero fazer um bom papel lá para chegar com tudo no WCT. Estou superfeliz que os juízes estão gostando do meu surfe, me dando notas altas, então vou confiante para Ubatuba para buscar um bom resultado lá também para tentar me manter no WCT pelo WQS, que para mim seria fechar o ano com chave-de-ouro”, deseja Vitinho.

Já o maior espetáculo foi apresentado uma bateria antes, na primeira semifinal entre Adriano de Souza e o baiano Flávio Costa. O Mineirinho só não igualou a nota 10 do tubo seguido por uma rasgada e um aéreo na finalização do baiano Alandreson Martins no primeiro dia. Mas, ganhou notas 9,67 e 9,53 logo nas duas primeiras ondas que surfou para atingir incríveis 19,20 pontos de 20 possíveis, recorde absoluto de todas as quatro etapas do WQS promovidas pela ASP South America neste ano no Brasil.

Flávio Costa começou o domingo decisivo com a maior pontuação das quartas-de-final – 17,00 pontos de duas notas 8,5 – e não teve nem como reagir com o fantástico início de bateria do campeão Adriano de Souza nas pequenas, mas bem formadas ondas de meio metro de altura da Praia Brava.

“Estou muito feliz. O Mineirinho é um atleta exemplar, a gente tem até que se espelhar bastante no trabalho que ele faz e estou feliz com o terceiro lugar também. Estou aqui com meu filho que nasceu há 10 dias, é mais um resultado bom, segunda semifinal seguida, pois fiquei em terceiro lugar também na última etapa do Circuito Brasileiro domingo passado, então estou feliz.

Só espero que no ano que vem meu salário aumente para a situação ficar melhor e quero agradecer a todos, minha família, a Maresia que fez este campeonato neste lugar alucinante e aos meus amigos que torceram por mim durante toda esta semana”, falou Flávio Costa, que faturou 4.450 dólares pelo terceiro lugar no Maresia Surf International, a primeira das duas provas nível 6 estrelas da “perna brasileira” de fim-de-ano do WQS.

O MARESIA SURF INTERNATIONAL teve a marca Maresia como principal patrocinadora, junto do Governo do Estado de Santa Catarina, através do FUNDESPORTE da Secretaria Estadual de Turismo, Cultura e Esporte; contando ainda com apoio da Prefeitura Municipal de Itajaí, Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Kiwi Bar e Conasscon; e co-patrocínio da Haco Etiquetas, Relevo’s, Cotece Malhas e das lojas de surf Tent Beach, Aloha, Planeta Surf.

Padang Padang, Bahamas, Sumatra, Surf Trip, New Look, Ecológica, Bali, 200 Milhas e Bob Nick, com divulgação da Rede Atlântida FM e Revista Fluir. O evento homologado pela Association of Surfing Professionals - ASP South America - foi realizado pela Federação Catarinense de Surf (FECASURF) junto com a Associação de Surf das Praias de Itajaí (ASPI).

Desde o ano 2000 sem promover uma etapa do Circuito Mundial de Surfe Profissional, a Maresia retornou em grande estilo realizando um evento impecável de muito sucesso na estréia da Praia Brava de Itajaí no WQS. “Estou muito feliz com este encerramento com chave-de-ouro pela vitória de um brasileiro. Foi uma ótima participação dos surfistas brasileiros e bom que a taça de campeão ficou em casa.

A Maresia está cada vez mais investindo no esporte e esta etapa nível 6 estrelas do WQS já está confirmada para o ano que vem aqui mesmo na Praia Brava de Itajaí, esperando contar novamente com o importante apoio do Governo do Estado de Santa Catarina e da Prefeitura de Itajaí que contribuiram bastante para o sucesso do evento”, destacou Adriano Costa Lima, presidente da Maresia.

O produtor geral do Maresia Surf International, Bira Schauffert, também ficou superfeliz com ótimo resultado alcançado na volta da marca fundada em 1986 no Ceará, novamente promovendo seu campeonato em Santa Catarina. “Conseguimos chegar no último dia com uma condição boa de onda e isso é superimportante num campeonato. Com relação ao evento como um todo, eu estou muito feliz e certamente a Maresia, o Governo do Estado, a Prefeitura de Itajaí, também devem estar.

A gente encontrou, acredito, uma ótima locação para um evento deste porte internacional aqui em Santa Catarina, pois antes era sempre em Florianópolis, mas agora a gente encontrou aqui na Praia Brava de Itajaí uma excelente opção, com ondas de qualidade, beleza natural exuberante, ótimo público, boa estrutura e meu maior desejo é que a gente possa repetir este sucesso no ano que vem com a Maresia aqui em Itajaí”, finalizou Bira.

MARESIA SURF INTERNATIONAL – GRANDE FINAL: 16,13 x 11,00 pontos:
Campeão com notas 8,30 e 7,83: ADRIANO DE SOUZA (SP) - US$ 15.000 e 2.500 pontos
Vice-campeão com 5,67 e 5,33: COREY ZIEMS (AUS) - US$ 7.500 e 2.188 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar – US$ 4.450 e 1.875 pontos:
01: Adriano de Souza (SP) 19,20 x 9,56 Flávio Costa (BA)
02: Corey Ziems (AUS) 17,43 x 12,74 Victor Ribas (RJ)

QUARTAS-DE-FINAL – 5.o lugar – US$ 2.600 e 1.625 pontos:
01: Adriano de Souza (SP) 16,16 x 14,66 Gustavo Fernandes (RJ)
02: Flávio Costa (BA) 17,00 x 13,67 Márcio Farney (CE)
03: Victor Ribas (RJ) 14,03 x 11,76 Jano Belo (PB)
04: Corey Ziems (AUS) 12,33 x 9,00 Drew Courtney (AUS)

RANKING WQS 2007 – após 36.a etapa: Maresia Surf International:
01: Jordy Smith (AFR) – 14.425 pontos
02: Dane Reynolds (EUA) – 12.276
03: Tiago Pires (PRT) – 12.100
04: Ben Vourgeois (EUA) – 12.038
05: Rodrigo Dornelles (BRA-RS) – 11.994 – vaga entre os top-27 do WCT
06: Jay Thompson (AUS) – 11.775
07: Jihad Kohdr (BRA-PR) – 11.200
08: C. J. Hobgood (EUA) – 11.175 – vaga entre os top-27 do WCT
09: Mikael Picon (FRA) – 11.106
10: Royden Bryson (AFR) – 10.950
11: Luke Munro (AUS) – 10.850
12: Heitor Alves (BRA-CE) – 10.725
13: Jeremy Flores (FRA) – 10.701 – vaga entre os top-27 do WCT
14: Aritz Aranburu (ESP) – 10.639
15: Gabe Kling (EUA) – 10.476
16: Nic Muscroft (AUS) – 10.400
17: Troy Brooks (AUS) – 10.300
18: Kieren Perrow (AUS) – 10.251 – ultimo na lista dos 15 que estão se classificando

----------------------Próximos brasileiros:
19: Neco Padaraz (SC) - 10.213 pontos
30: Jean da Silva (SC) – 9.532
31: Adriano de Souza (SP) – 9.500
32: Simão Romão (RJ) – 9.300
35: Leonardo Neves (RJ) – 8.876
46: William Cardoso (SC) – 7.964
48: Pablo Paulino (CE) – 7.876
50: Yuri Sodré (RJ) – 7.750

RANKING ASP SOUTH AMERICA – SUL-AMERICANO – 4 etapas:
01: Simão Romão (RJ) – 4.694 pontos
02: Jean da Silva (SC) – 4.650
03: André Silva (CE) – 4.232
04: Pablo Paulino (CE) – 4.194
05: Leandro Bastos (RJ) – 4.001
06: Jihad Kohdr (PR) – 3.938
07: William Cardoso (SC) – 3.876
08: Fábio Gouveia (PB) – 3.820
09: Yuri Sodré (RJ) – 3.638
10: Gustavo Fernandes (RJ) – 3.588

Previous reports:
# 1 :
Maresia Surf International 6 star kicks off at Praia Brava
# 2 : Maresia Surf Int. day two sees Martins score perfect 10
# 3 : Maresia Surf International hits Itajai: Neco & Jihad rock
# 4 : Maresia Surf Int: Jihad Kohdr moves closer to WCT slot

www.aspworldtour.com
www.aspsouthamerica.com.br


 



 


More Surfing News available here
Check the latest Surf Reports and Forecasts 

New! B2B News ASBE-Surf   |  Receive News-Alerts

João Carvalho

WQS Contests - Surfersvillage

Viewed: 
Weight: 
0
 
 

Latest photos

Newsletter

Follow us and sign up to our daily newsletter