Sorry, your version of Internet Explorer is too old to view SurfersVillage.com properly.

Why not try Chrome instead.

zo

Villages:

Iain Buchanan 'Ratso' competing, not judging Masters

Iain Buchanan at work judging 

 

ASP World Masters Championships 2011 Brazil

Iain Buchanan 'Ratso' competing, not judging Masters

Surfersvillage Global Surf News, 22 July, 2011 : - - New Zealand's world-rated surfing judge Iain Buchanan is putting on his competition vest again to contest the World Masters Championships in Brazil. Buchanan, who won a record five national titles and paved the way for New Zealand professional surfing, will compete in the Over 50s Men's Division against an all-star cast of surfers that shaped the way we surf today.

He is the only Kiwi invited to compete at next week's event. Buchanan, who judges ASP World Tour events, has drawn a tough opening heat in the over-50s division. He will surf against former South African world champion Shaun Thomson and Australians Simon Anderson and Terry Fitzgerald - three legends that revolutionised surfing in the '70s and '80s.

Speaking from his base of Biarritz, France, Buchanan was over the moon to be invited to the prestigious event which caters for 16 of the most iconic surfers this planet has produced. "I was originally the head judge for the event," Buchanan said. "But some invitees couldn't make it, and I was next on the list, so the ASP asked if I wanted to compete."

The event takes the shape of a round robin format where all 16 surfers compete against each other several times to gain points with the top eight moving through to the semifinals and on to the finals with $25,000 on the line for first prize. Buchanan will need to transfer his vast judging experience back into the water at this event to come away with a good result, something he is confident in doing.

"I've been judging the best surfing in the world for the past few years so I know what the judges are looking for, but all the guys I'm up against are seasoned competitors, and know how to win heats and indeed have won major contests and world titles. It's going to be very competitive for sure."

It will be the first time Buchanan has entered a serious competition since the 2003 New Zealand championships held in Dunedin where he took away two titles in the over-35s and over-40s divisions.

The event will be staged at Arpoador, Ipanema, Rio De Janeiro, the same location as the ASP World Title event held in May. The wave, a beach break but predominantly a fast breaking lefthander, will suit Buchanan who spends most of his time surfing the Piha bar at the south end of Piha beach, during his New Zealand summer breaks.

http://supersurf.abril.com.br

 

 

Estrelas chegam cedo para o SuperSurf ASP Masters

Várias estrelas que vão competir no SuperSurf ASP World Masters Championship no Rio de Janeiro, anteciparam suas chegadas no Brasil para treinar nas ondas do Arpoador no fim de semana. O tricampeão mundial Tom Curren será uma das atrações do evento que resgata a disputa dos títulos nas categorias Master e Grand Master da Association of Surfing Professionals (ASP). Depois de dez anos, os grandes ídolos da história do esporte voltam a se enfrentar e será aqui no Brasil, com todos se apresentando a partir da terça-feira na Praia do Arpoador.

O “Mr. Perfection”, Tom Curren, que encabeçou os recordes mundiais na década de 80 e início dos anos 90, estará na coletiva de imprensa com outros destaques do SuperSurf ASP Masters, na segunda-feira, às 15 horas no Copacabana Praia Hotel, próximo ao local do evento. No mesmo dia, tem competição logo cedo no Arpoador, com a triagem dos brasileiros sendo iniciada às 8 horas. Em jogo, as vagas de convidados que a ASP reserva para a organização do evento, duas para a Master (36 a 49 anos) e duas para a Grand Master (50 anos ou mais).

TRIAGEM – Nomes como os campeões brasileiros Pedro Muller e Ricardo Toledo, Dadá Figueiredo, Frederico D´Orey, Ricardo Tatuí, Piu Pereira, disputarão a triagem Master, misturados com outras gerações, junto com Armando Daltro, Fábio Silva, Crhistiano Spirro, Sávio Carneiro e até Guga Arruda, que ainda disputa a divisão de elite do surfe nacional. Apenas dois se classificam para completar o quadro de 24 participantes da categoria Master no Rio de Janeiro.

Na Grand Master serão 16 competidores que já completaram meio século de vida. Treze deles são verdadeiras lendas vivas do início do Circuito Mundial vindas de outros países. O Brasil será representado pelo carioca Daniel Friedman e os dois classificados na triagem. Entre os já confirmados para brigar pelas vagas, Paulo Proença, Wadih Mansur e os irmãos Otávio e Fábio Pacheco, todos das primeiras gerações de surfistas na capital carioca.

MELHORES DA HISTÓRIA – O SuperSurf ASP World Masters também faz um resgate dos números da história da competição. Dos quarenta concorrentes aos títulos nas duas categorias, apenas seis participaram das cinco edições do evento criado especialmente para os ídolos do esporte. Os australianos Wayne Bartholomew-foto e Glen Winton e os havaianos Michael Ho, Buzzy Kerbox, Bobby Owens e Hans Hedemann, são os únicos que disputaram o primeiro em 1997 nas Ilhas Fiji, também foram no Mexico em 1998, na França em 1999 e 2000 e na Irlanda em 2001. Dos seis, apenas Bobby Owens não estará no Brasil competindo na Grand Master.

Nas cinco edições, um total de 104 baterias foi disputado por 37 surfistas na categoria Master. Na Grand Master, que só começou na segunda edição, foram 94 confrontos envolvendo 27 competidores com 45 anos ou mais, idade limite da categoria até 2001. Agora aumentou para 50 anos e a Master subiu de 35-44 para 36-49 anos. Apesar do número menor de baterias realizadas, os recordes de participação foram conseguidos na Grand Master.

O havaiano Michael Ho faturou o título mundial de 2000 e é o maior recordista, encabeçando três listas. Foi ele quem disputou mais baterias, 31 no total, quem mais saiu do mar com vitórias, 22 vezes, e quem apresenta o melhor índice de aproveitamento na sua categoria, Grand Master, 70,97%. O australiano Wayne Bartholomew, campeão mundial de 1999 na França e vice em 2001 na Irlanda, vem logo abaixo do havaiano com 27 baterias, 18 vitórias e 66,67% de aproveitamento, mesmo índice do sul-africano Shaun Tomson, que venceu duas das três baterias que competiu.

Neste quesito, ninguém supera o australiano Gary Elkerton, bicampeão mundial Master nas duas etapas que disputou. Ele participou de quatorze baterias e ganhou onze, ou seja, 78,57% de vitórias. Os únicos que conseguiram derrotá-lo foram o norte-americano Mike Parsons e o australiano Barton Lynch nas primeiras fases em 2000 na França, além de outro compatriota, Dave Macaulay, na sua bateria de estreia na Irlanda em 2001.

Por enquanto, este é o único recorde de Gary Elkerton, mas no Brasil ele deve bater facilmente o das doze vitórias de Tom Carroll, que não vai competir no SuperSurf ASP World Masters Championship. Já o das 24 baterias disputadas na categoria Master por Glen Winton, que completou 50 anos de idade e subiu para a Grand Master, ele só ultrapassa se chegar na sua terceira final consecutiva, no próximo domingo no Rio de Janeiro.

A tarefa não será fácil, porque a renovação entre os atletas desta categoria que competirão no Arpoador é enorme. Só Elkerton, Tom Curren, Derek Ho, Barton Lynch e Rob Bain, disputaram o Mundial da ASP dez anos atrás. Um incrível número de dezenove surfistas vai participar pela primeira vez, nove deles do Brasil que nunca teve um representante na categoria Master. O único que competiu foi o carioca Daniel Friedman na Grand Master, em 2001 na Irlanda.

COLETIVA DE IMPRENSA – Está confirmada para a segunda-feira, dia 25, a coletiva de imprensa com as principais estrelas do SuperSurf ASP World Masters Championship 2011. Será as 15 horas no Copacabana Praia Hotel, próximo ao Arpoador. Entre os relacionados para compor a mesa, estão Tom Curren, Barton Lynch, Gary Elkerton, Cheyne Horan, Wayne Bartholomew, Terry Richardson e Shaun Tomson, mas só alguns participarão da coletiva. Tom Curren já está garantido. Além deles, os brasileiros Fabio Gouveia, Victor Ribas, Daniel Friedman e Renan Rocha, recentemente contratado pela Hang Tem, que vai defender a marca no evento pela primeira vez.

A Abril Midia adquiriu os direitos para realizar o SuperSurf ASP World Masters Championship no Brasil, firmando um contrato de 3 anos com a ASP. Com o patrocínio da Peugeot, co-patrocínio da Pioneer e Hang Ten, uma das pioneiras no ramo da surfwear, e com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, a primeira edição na Praia do Arpoador vai distribuir um prêmio recorde de 220 mil dólares no evento que poderá ser acompanhado ao vivo pelo www.supersurf.com.br

CRONOGRAMA DA TRIAGEM DOS BRASILEIROS NA SEGUNDA-FEIRA:
08:00 horas – Primeira fase da triagem MASTER – 8 baterias de 20 minutos
10:40 horas – Quartas de Final da triagem MASTER – 4 baterias de 20 minutos
12:00 horas – Primeira fase da triagem GRAND MASTER – 4 baterias de 20 minutos
13:20 horas – Semifinais da triagem MASTER – 2 baterias de 20 minutos
14:00 horas – Semifinais da triagem GRAND MASTER – 2 baterias de 20 minutos
14:40 horas – Grande Final da triagem MASTER – 1 bateria de 30 minutos
15:10 horas – Grande Final da triagem GRAND MASTER – 1 bateria de 30 minutos

CATEGORIA MASTER – Lista dos 22 confirmados, por ordem do índice técnico da ASP:
Barton Lynch (AUS), Gary Elkerton (AUS), Tom Curren (EUA), Mark Occhilupo (AUS), Luke Egan (AUS), Rob Bain (AUS), Brad Gerlach (EUA), Victor Ribas (BRA), Jake Paterson (AUS), Fabio Gouveia (BRA), Derek Ho (HAV), Peterson Rosa (BRA), Flavio Padaratz (BRA), Richie Collins (EUA), Kaipo Jaquias (HAV), Shea Lopez (EUA), Marty Thomas (AUS), Nathan Webster (AUS), Richard Lovett (AUS), Guilherme Herdy (BRA), Jojó de Olivença (BRA) e Renan Rocha (BRA).
Próximo substituto: Armando Daltro (BRA)

GRAND MASTER – Lista dos 14 classificados por índice técnico da ASP:
Shaun Tomson (AFR), Wayne Bartholomew (AUS), Michael Ho (HAV), Cheyne Horan (AUS), Hans Hedemann (HAV), Glen Winton (AUS), Simon Anderson (AUS), Terry Richardson (AUS), Buzzy Kerbox (HAV), Peter Townend (AUS), Ian Cairns (AUS), Terry Fitzgerald (AUS), Daniel Friedman (BRA) e Iain Buchanan (NZL).
Próximo substituto: Cauli Rodrigues (BRA)

CAMPEÕES MUNDIAIS MASTER (35 a 44 anos) E GRAND MASTER (45 ou mais):
2001: Gary Elkerton (AUS) e Mark Richards (AUS) em Bundoran - IRLANDA
2000: Gary Elkerton (AUS) e Michael Ho (HAV) em Lafitenia - FRANÇA
1999: Cheyne Horan (AUS) e Wayne Bartholomew (AUS) em Lafitenia - FRANÇA
1998: Joey Buran (EUA) e Buzzy Kerbox (HAV) em Puerto Escondido - MEXICO
1997: Terry Richardson (AUS) foi o primeiro campeão em Cloudbreak, Tavarua Island - FIJI

Survey: Map Surfing’s future 

More Surfing News available here
Check the latest Surf Reports and Forecasts 

B2B News ASBE-Surf   |  Receive News-Alerts

João Carvalho / ASP World Masters Championship
joao@aspsouthamerica.com.br

Masters Contests - Surfersvillage

 

Viewed: 
Weight: 
0
 
 

Latest photos

Newsletter

Follow us and sign up to our daily newsletter