Sorry, your version of Internet Explorer is too old to view SurfersVillage.com properly.

Why not try Chrome instead.

zo

Villages:

Tomas Hermes faz melhor estreia no SuperSurf 2011

Thomas Hermes © Daniel Smorigo




 


Supersurf Internacional


ASP World 5-Star and ASP South America Surf Series
Atlantida Beach, Xangri-La Rio Grande do Sul - Brazil
3 - 8 May 2011


Live Coverage  |  Results/Photos/Videos etc


SuperSurf Internacional in Xangri-La - second day  |  Portugues below

Surfersvillage Global Surf News, 4 May, 2011 : - - All the predictions made by the swell forecast were right for today in the ASP World 5-Star SuperSurf Internacional in Brazil. The Atlantida Pier was firing this morning with waves in the 4-6 feet (1.5 – 2 meters) range. To fulfill the scenario, the sun was shining and the winds lighted up for the beginning of the first ever ASP event held on the Xangri-La City, State of Rio Grande do Sul.


With sixteen heats of the round 128 and four of the round 96 being run, the highlight of today was the Brazilian Tomas Hermes, who earned an 8.83 pts from the judges for a tube riding en route to the day’s highest two-wave heat total, 15.56 pts out of 20 points.


“I couldn’t hear the score, but I knew it was going to be a high score. I pulled in so deep inside the barrel before coming out with the spit, that I knew right away that the score had to come out hi”, said Tomas Hermes. “I’ve checked the waves all day and saw nice barrels breaking on the inside section. I’m stoked to have had such nice start in this contest”.


Other Brazilian, Magno Pacheco, also had a good start in the competition; he threw an 8.0 pts in the 12th heat of round 128, the second highest score of the day.


“I’m very happy to set one of the day’s highlight so far”, said Magno Pacheco after winning the heat over Brazilian Wilson Nora and Tiago Bianchini. “The conditions are difficult right now, with the waves breaking all over making it hard to find the best take off place”.


John Max, from Brazil, advanced to the second round along with Leonardo Gianotti in second, defeating Marcos Pastro in third and Argentinean Santiago Muniz in fourth place. “I’ve trained a lot for this contest, and happily I brought the right boards for this wave conditions based on the swell forecasts over the internet”, said John Max.


It was not a dream contest start for the Local (Gauchos) fans as their biggest hero, the top seeded surfer Rodrigo Dornelles (RS) a former WCT elite surfer was defeated in his first presentation this Wednesday In the heat 1 of the round two. The heat was won by the surfer from Fernando de Noronha, Patrick Tamberg.


“I knew it was going to be a challenge to face the “Rock” (Rodrigo Dornelles) in his own place, but I tried to keep myself cool and choose the right waves, and happily it paid back very well”, said Patrick Tamberg, from Fernando de Noronha Island.


FROM TURKEY - The curiosity of this first day of competition was the unprecedented participation of two Turkey surfers in the ASP World tour. Except that the two could not surf any wave in its heats. “I just paddled during all the heat, but I’m happy anyway. Today is my birthday, I would love to make it through, but it’s all good”, said Emin Cihan Akca, who was defeated in the first heat of the day.


“I’m also happy for being the first surfer ever from my country to participate in an ASP event. There is not many waves there in Turkey, and the water is cold, So I choose to came to Brazil because I always heard good things about Brazil, good waves, nice weather and beautiful women, and I want to enjoy all this”, completed.


The other Turkish surfer Orcun Kavusturan was first erroneously reported as to be from Tunisia.


The first stop of the 2011 SuperSurf International continues on Thursday from 8 am closing the second round.


 



felip Teixeira © Daniel Smorigo

 

Tomas Hermes faz melhor estreia no SuperSurf 2011

Surfersvillage Global Surf News, 4 May, 2011 : - - Sol, céu azul e boas ondas de 4-6 pés na Plataforma de Atlântida para a abertura do SuperSurf Internacional 2011 no litoral norte do Rio Grande do Sul. No primeiro dia da etapa do ASP World 5-Star, que marca a estreia da cidade de Xangri-Lá no Circuito Mundial de Surf Profissional, foram realizadas as dezesseis baterias da rodada inicial e as quatro primeiras da segunda fase. O destaque da quarta-feira foi o catarinense Tomas Hermes, que fez os recordes do campeonato na última bateria do dia. Ele achou um belo tubo para somar nota 8,83 no placar de 15,56 pontos de 20 possíveis.

“Eu não tinha ouvido a nota, mas sabia que tinha sido uma boa nota porque fiquei muito ‘deep’ dentro do tubo e acabei saindo com o ‘spray’, então a nota tinha que sair”, vibrou Tomas Hermes. “Eu fiquei observando o mar o dia todo e vi que tinha bons momentos de tubo aqui no inside. Quando eu entrei na onda, segurei, acabou rodando, procurei me manter lá dentro o máximo possível, consegui sair na boca do tubo e estou bem feliz por ter começado tão bem o campeonato”.

Outro catarinense, Felipe Teixeira (foto), avançou junto com Tomas Hermes surfando boas ondas também na bateria que fechou a quarta-feira em Xangri-Lá. Até ali, os recordistas do SuperSurf Internacional eram o paulista Magno Pacheco e o potiguar John Max. Eles foram os melhores nas dezesseis baterias da primeira fase, pois o catarinense era um dos cabeças de chave que entram direto na segunda rodada da competição. Magno arrancou uma nota 8 na sua melhor onda e John Max tinha o maior somatório das duas notas computadas, 13,60 pontos.

“Estou muito feliz por conseguir a maior nota - 8,0 - do campeonato até agora”, disse Magno Pacheco, após a vitória sobre Wilson Nora (BA) e Tiago Bianchini (SC) na 12.a bateria da primeira fase. “O mar está difícil, não tem pico definido, quebra onda lá atrás, na frente, então procurei ficar nas intermediárias e foi ali que peguei essa onda “high score” (nota alta). Consegui acertar duas manobras fortes lá dentro, no inside dei mais uma e bom que os juízes gostaram”.

John Max disputou a sétima bateria e derrotou os catarinenses Leonardo Gianotti, Marcos Pastro e o argentino Santiago Muniz. “Treinei bastante pra esse campeonato e vim com as pranchas certas pra cá, porque eu tinha visto a previsão e sabia que o mar ia estar assim, grande”, contou John Max. “Eu consegui me posicionar legal lá dentro para pegar as ondas certas e vencer a bateria. Foi show. O mar está um pouco difícil, as ondas meio gordas, mas deu para surfar legal”.

Grande esperança de título para os gaúchos, o cabeça de chave Rodrigo Dornelles, que já defendeu o Brasil na divisão de elite do ASP World Tour, foi barrado logo em sua primeira apresentação na quarta-feira. O surfista de Fernando de Noronha (PE), Patrick Tamberg, ganhou esta bateria e já havia vencido a que abriu o campeonato na praia de Atlântida.

“O mar foi difícil hoje (quarta-feira), no sábado vai subir de novo, mas surfista que é surfista tem que competir em qualquer condição”, disse Patrick Tamberg. “Eu sabia que ia ser difícil enfrentar o Pedra (Rodrigo Dornelles), que conhece bem as ondas daqui, mas procurei me manter calmo e escolher bem as ondas. Foi o que fiz e deu certo”.

Neste confronto que abriu a segunda fase do SuperSurf Internacional 2011, o maranhense Alvaro Bacana ganhou a briga pela segunda vaga de Rodrigo Dornelles, mas tudo foi decidido na última série de ondas que entrou no minuto final da bateria. O gaúcho foi eliminado junto com o português Eduardo Fernandes. Com isso nenhum estrangeiro avançou na quarta-feira, pois os quatro que entraram na primeira fase também não passaram das suas estreias em Xangri-Lá.

ESTRANGEIROS BARRADOS - A curiosidade do primeiro dia foi a inédita participação de surfistas da Turquia no Circuito Mundial da ASP. Só que os dois não conseguiram surfar nenhuma onda nas suas baterias. “Só fiquei remando, remando, remando, mas estou feliz assim mesmo. Hoje é meu aniversário, queria ter passado, mas está bom”, falou Emin Cihan Akca.

“Estou feliz também por ser o primeiro da Turquia a disputar uma bateria no Circuito Mundial”, continuou Akca. “Lá não tem muitas ondas, surfo sempre num mar gelado e escolhi o Brasil para isso porque sempre ouvi falar muito bem daqui, que tem boas ondas, o clima é bom, lindas mulheres, então quero aproveitar bem tudo isso”.

O outro turco é Orcun Kavusturan, que estava registrado erroneamente ser da Tunisia. O argentino Santiago Muniz e o norte-americano Johnny Noris foram os outros estrangeiros derrotados pelos brasileiros na primeira fase. Na abertura da segunda rodada, o português Eduardo Fernandes também ficou em último na bateria. Agora, restaram quatro surfistas de outros países que ainda vão estrear nesta quinta-feira na Praia de Atlântida.

A primeira etapa do SuperSurf Internacional 2011 recomeça as 8 horas em Xangri-Lá. A previsão é fechar a segunda fase da competição para completar os doze confrontos da rodada dos 48 melhores do campeonato, que prossegue até domingo no Rio Grande do Sul. Na segunda bateria do dia, estreia o campeão do Circuito SuperSurf 2010 que faturou um Peugeot zerinho de prêmio especial, o paranaense Caetano Vargas. Sua primeira participação será contra três brasileiros, Ricardo Ferreira (SP), Petterson Thomaz (SC) e Cesar Aguiar (PE).

O SuperSurf Internacional 2011 é produzido pela Editora Abril com patrocínio da Peugeot e esta etapa do ASP World 5-Star também conta com o apoio da marca Nicoboco, Prefeitura Municipal de Xangri-Lá, Federação Gaúcha de Surf e da Associação de Surf e Proteção de Atlântida. O evento é homologado pela ASP South America, oferece premiação de 120.000 dólares, vale 2.000 pontos para o ASP World Ranking e pode ser acompanhando pelo www.aspsouthamerica.com.br com as finais no domingo também sendo transmitidas ao vivo pela ESPN Brasil.

PRIMEIRA FASE DO SUPERSURF INTERNACIONAL – 3.o=97.o lugar (63 pts) / 4.o=113.o (27 pts):
1.a: 1-Patrick Tamberg (BRA), 2-Vicente Romero (BRA), 3-Emin Cihan Akca (TUR)
2.a: 1-Tanio Barreto (BRA), 2-Vitor Valentim (BRA), 3-Saulo Junior (BRA), 4-Alex Lima (BRA)
3.a: 1-Felipe Teixeira (BRA), 2-Gustavo Bertotto (BRA), 3-Itim Silva (BRA), 4-Ipojucã Chaves (BRA)
4.a: 1-Petterson Thomaz (BRA), 2-Adilton Mariano (BRA), 3-Yuri Gonçalves (BRA), 4-Luan Carvalho (BRA)
5.a: 1-Flavio Nakagima (BRA), 2-Cesar Aguiar (BRA), 3-Emerson Peres (BRA)
6.a: 1-Alex Ribeiro (BRA), 2-Gabriel Galdino (BRA), 3-Josias Pedrinha (BRA), 4-Ricardo Tavares (BRA)
7.a: 1-John Max (BRA), 2-Leonardo Gianotti (BRA), 3-Santiago Muniz (ARG), 4-Marcos Pastro (BRA)
8.a: 1-Pedro Norberto (BRA), 2-Tiago Braga (BRA), 3-Pericles Dimitri (BRA)
9.a: 1-Michel Roque (BRA), 2-Samuel Igo (BRA), 3-Orcun Kavusturan (TUR)
10: 1-Pedro Gross (BRA), 2-Vinicius Fornari (BRA), 3-Neto Moura (BRA), 4-Bruno Lopes (BRA)
11: 1-Alon Campestrini (BRA), 2-Artur Silva (BRA), 3-Victor Borges (BRA), 4-Erbeliel Andrade (BRA)
12: 1-Magno Pacheco (BRA), 2-Wilson Nora (BRA), 3-Tiago Bianchini (BRA)
13: 1-Nathan Brandi (BRA), 2-Jefferson Comaru (BRA), 3-Wellington Carane (BRA)
14: 1-Rafael Seixas (BRA), 2-Antonio Eudes (BRA), 3-Alandreson Martins (BRA), 4-Johnny Noris (EUA)
15: 1-André Gonçalves (BRA), 2-Denis Machado (BRA), 3-Gutemberg Silva (BRA), 4-Felipe Ximenes (BRA)
16: 1-Bernardo Lopes (BRA), 2-João Paulo Abreu (BRA), 3-Duda Oscar (BRA)

SEGUNDA FASE – ENTRADA DOS CABEÇAS DE CHAVE:
1.a: 1-Patrick Tamberg (BRA), 2-Alvaro Bacana (BRA), 3-Rodrigo Dornelles (BRA), 4-Eduardo Fernandes (BRA)
2.a: 1-Vicente Romero (BRA), 2-Tanio Barreto (BRA), 3-Bruno Rodrigues (BRA), 4-Marcio Farney (BRA)
3.a: 1-Vitor Valentim (BRA), 2-Charlie Brown (BRA), 3-Igor Morais (BRA), 4-Stewson Crippa (BRA)
4.a: 1-Tomas Hermes (BRA), 2-Felipe Teixeira (BRA), 3-Cauê Wood (BRA), 4-Guilherme Ramalho (BRA)
------------------------baterias que vão abrir a quinta-feira:
5.a: Fábio Carvalho (BRA), Peterson Rosa (BRA), Argus Diniz (BRA), Gustavo Bertotto (BRA)
6.a: Caetano Vargas (BRA), Ricardo Ferreira (BRA), Petterson Thomaz (BRA), Cesar Aguiar (BRA)
7.a: Luel Felipe (BRA), Beto Mariano (BRA), Adilton Mariano (BRA), Flavio Nakagima (BRA)
8.a: Gustavo Fernandes (BRA), Thiago Guimarães (BRA), Luciano Brulher (BRA), Alex Ribeiro (BRA)
9.a: Robson Santos (BRA), Alan Saulo (BRA), Gustavo Moura (BRA), Gabriel Galdino (BRA)
10: Paulo Moura (BRA), Ulisses Meira (BRA), Filipe Kita (BRA), John Max (BRA)
11: Diego Rosa (BRA), Franklin Serpa (BRA), Leonardo Gianotti (BRA), Pedro Norberto (BRA)
12: Raphael Becker (BRA), Alan Jhones (BRA), Bruno Galini (BRA), Tiago Braga (BRA)
13: Marco Polo (BRA), Yan Guimarães (BRA), Sidney Guimarães (BRA), Michel Roque (BRA)
14: Odirlei Coutinho (BRA), Dennis Tihara (BRA), Samuel Igo (BRA), Pedro Gross (BRA)
15: Renato Galvão (BRA), Jorge Spanner (BRA), Renan Borba (BRA), Vinicius Fornari (BRA)
16: Simão Romão (BRA), Krystian Kymerson (BRA), Leandro Usuña (ARG), Alon Campestrini (BRA)
17: Jano Belo (BRA), Dunga Neto (BRA), Daison Pereira (BRA), Artur Silva (BRA)
18: Vincent Duvignac (FRA), Ian Gouveia (BRA), Magno Pacheco (BRA), Jefferson Comaru (BRA)
19: Marco Fernandez (BRA), Halley Batista (BRA), Wilson Nora (BRA), Nathan Brandi (BRA)
20: Jean da Silva (BRA), Marthen Pagliarini (BRA), Stefano Dornelles (BRA), Rafael Seixas (BRA)
21: Chris Waring (EUA), Alan Donato (BRA), Peterson Crisanto (BRA), Antonio Eudes (BRA)
22: David do Carmo (BRA), Manuel Selman (CHL), Robson Gobbato (BRA), André Gonçalves (BRA)
23: Victor Ribas (BRA), Rudá Carvalho (BRA), Denis Machado (BRA), Bernardo Lopes (BRA)
24: Jihad Khodr (BRA), Tamaê Bettero (BRA), Heitor Pereira (BRA), João Paulo Abreu (BRA)

Check the Live Coverage

Previous reports:
# 1 : Coming soon
# 2 : Coming soon
# 3 : Coming soon
# 4 : Coming soon  


www.aspsouthamerica.com.br

Survey: Map Surfing’s future 

More Surfing News available here
Check the latest Surf Reports and Forecasts 


B2B News ASBE-Surf   |  Receive News-Alerts


João Carvalho
Jordao Bailo Junior

ASP Star Contests - Surfersvillage



Viewed: 
Weight: 
0
 
 

Latest photos

Newsletter

Follow us and sign up to our daily newsletter